Saúde

Azar genético é responsável por picada de mosquito da dengue, diz pesquisa

Intrigados com a razão de que algumas pessoas reclamavam mais sobre serem alvos de picadas de mosquitos do que outras, cientistas britânicos testaram uma hipótese de que o fator de escolha dos insetos seja a nossa genética. O odor do corpo já era um fenômeno que influência a “preferência” dos mosquitos, porém não se sabia se isso poderia se explicado pelos genes que herdamos.

Para tirar a prova, eles escolheram 18 pares de gêmeas idênticas e 19 pares de gêmeas não idênticas e pediram que cada par colocasse uma mão nas extremidades de um tubo duplo. Assim que liberaram mosquitos da espécie Aedes, estes se guiaram pelo cheiro e decidiam qual mão interessava mais ser picada.

O resultado mostrou que 83% dos casos, as gêmeas idênticas despertaram interesse semelhante nos mosquitos, diferente dos pares não idênticos. Na pratica, o estudo é um avanço para entendermos a base genética entre os indivíduos e estimular novas formas de controlar e repelir mosquitos transmissores de doenças. “No futuro, poderíamos até mesmo tomar uma pílula que poderia promover produção de repelente natural pelo organismo”, disse no vídeo de divulgação da pesquisa, o entomotologista James Logan.

Anteriores

Agora rockeiro Mc Catra divulga clipe novo

Próximas

Dubai premia motoristas prudentes no trânsito

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *