Economia

Black Friday: Procon-RJ cria cartilha para consumidores

Com a chegada do mês de novembro começam as promoções para a Black Friday com descontos especiais. Porém, para garantir que o consumidor pague sempre o desconto real, o Procon do Rio de Janeiro preparou uma cartilha especial para quem pretende fazer compras físicas ou virtuais durante esse período.

O material também servirá como guia para os comerciantes ficarem atentos aos procedimentos de preços, na oferta, garantia, troca, entrega e na segurança do site, que são os principais pontos para os consumidores ficarem atentos.

Recomenda-se que o consumidor pesquise os preços dos produtos em sites e lojas diferentes. A pesquisa será um parâmetro para saber se os produtos estão com preços realmente promocionais. Espera-se assim evitar o que ficou conhecido como “Black Fraude” onde o fornecedor aumenta o valor do produto com antecedência para simular um grande desconto.

Além da cartilha, o Procon-RJ está monitorando os preços dos principais produtos vendidos na Black Friday. A pesquisa está sendo realizada desde o mês de setembro e ajudará os consumidores a comparar se determinados itens realmente estão com desconto. Em breve o material será publicado nas redes sociais oficiais do Procon-RJ.

Para acessar todas as orientações do Procon-RJ, acesse a cartilha pelo link: https://bit.ly/proconrj-cartilha-black-friday.

Caso não haja o cumprimento da oferta, cabe reclamação no Procon-RJ, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. Se o consumidor verificar alguma irregularidade, é importante denunciar. As denúncias e reclamações podem ser feitas através dos canais de atendimento online. Utilize o computador e acesse o site www.procononline.rj.gov.br ou baixe o aplicativo “Procon RJ” no seu smartphone.

Anteriores

Cerca de 125 mil veículos devem passar pela ViaLagos durante o próximo feriado

Próximas

Ocupação Hoteleira em Cabo Frio fica abaixo do esperado no feriado

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *