Atualidades

Diretora do CCS Cabo Frio reúne policiais do 25º BPM para reunião sobre segurança na Região dos Lagos

A diretora do CCS Cabo Frio, presidente da ACIA (Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio) e presidente da Centro Forte, Patrícia Cardinot, participou, na última quinta-feira (27), de uma reunião onde foram debatidos temas referentes à segurança pública. O encontro foi realizado pelo CCS (Conselho Comunitário de Segurança Pública) e pelo 25º BPM Cabo Frio/ Tamoios, no bairro Jacaré. Além da presidente da entidade, estiveram presentes o Capitão Caldas, Sargento Américo, cabo Kelton, soldado Filho, soldado Roseane, Soldado Pontes, todos do 25°BPM e os representantes do CCS, Luiz Carlos, Cláudio Silva, Rute Schuindt e Tais Rodrigues.

Apesar da presença de poucos membros das entidades, o saldo da reunião foi positivo, pois foi possível abordar de forma mais detalhadas temas relevantes e foram iniciados debates proveitosos a respeito da segurança local. – Como presidente da ACIA e diretora do CCS, parabenizo o Capitão Caldas pela sua exemplar atuação que nos dá muito orgulho e prazer em ver profissionais tão dedicados quanto ele, o Américo e outros vários policiais que se destacam na sua dedicação diária. Enfim, sabemos que muito tem a ser feito, mas o 25° BPM está realizando milagres. – Destaca Patrícia Cardinot.

Ela também relembra que o aumento da violência é um ponto de importância e frisa o empenho da corporação para evitar números ainda maiores em todo o estado. – A violência cresceu sim e não só em Cabo Frio, não só na Região dos Lagos ou em São Gonçalo, mas em todo o Estado do Rio de Janeiro. Agradecemos ao governador Wilson Witzel pelo envio e adiantamento das viaturas para a nossa cidade. Estamos atravessando um momento tenso e sabemos que a cidade necessita de atenção, mas que também a polícia precisa de aumento do seu efetivo; isso é fundamental. – ressalta.

Apesar de parabenizar o governo, a diretora também cobra medidas para aumentar a eficiência do poder público no combate ao crime. – Fico muito triste em ver que no Rio de Janeiro acabamos de ter 500 soldados aprovados, mas nenhum para a nossa região. Precisamos que o governo e poder público deem total atenção aos fatos. – salienta Patrícia Cardinot.

Artigo anterior

Professora de Cabo Frio entrevista o apresentador Otaviano Costa em Cabo Frio

Próximo Artigo:

Festival do Camarão de Cabo Frio acontece entre 11 e 14 de julho

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentário

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *