Saúde

Pesquisa revela sobrepeso em estudantes de Arraial do Cabo

Cerca de 30% dos estudantes do ensino fundamental e médio de Arraial do Cabo estão com sobrepeso ou obesos. É o que aponta uma pesquisa realizada entre 2012 e 2014 na cidade em oito escolas da Rede Municipal de Ensino. A pesquisa coordenada pelo Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UERJ) avaliou 1.946 alunos e divulgou os dados esse mês.

“O resultado foi surpreendente. Encontramos baixo conhecimento nutricional, alto consumo de gordura saturada (produtos industrializados), baixo consumo de fibra, encontrada nas frutas, legumes e verduras, alto consumo de sódio e 25% dos pesquisados com dislipidemia, ou seja, triglicerídeo, LDL, colesterol alto, HDL baixo e 33% de sobrepesos e obesos”, disse a coordenadora da pesquisa, Larissa Almenara.

Para chegar até esses dados foram avaliados quais eram os alimentos mais consumidos pelas crianças e adolescentes, qual o valor calórico de cada um deles e se as crianças e adolescentes tinham consciência sobre o tipo de alimento que estavam ingerindo. Além disso, foi realizado um levantamento histórico de doenças na família, avaliação do peso, da altura, as medidas dos alunos e coleta de sangue para avaliar o perfil lipídico (colesterol e triglicerídeos) e a glicose dos alunos.

Com este resultado, os alunos que apresentaram sobrepeso ou obesidade serão convidados a participar de uma nova etapa na pesquisa. O objetivo é introduzir no cardápio desses jovens alimentos feitos a base de farinha de semente de abóbora. O alimento contém alto teor de fibra e gordura monoinsaturada e poliinsaturada, que são gorduras de boas qualidades. O projeto terá início junto ao ano letivo deste ano, em março.

Artigo anterior

Petrobras bate recorde de produção

Próximo Artigo:

DJ Foley agita região

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentário

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *