Esporte

Aos 83 anos, idoso realiza voo de parapente para homenagear filho

Aos 83 anos, Francisco de Amorim superou o medo e realizou seu primeiro voo livre. Porém, a experiência não foi apenas por diversão. O objetivo do senhor Francisco era homenagear o filho Tiago, que sofreu um acidente no speed fly e morreu no começo deste mês. Francisco voltou ao local da tragédia do filho, na Pedra Bonita, no Rio e voou de parapente para jogar as cinzas de Cobra, como era conhecido Tiago, do céu.

Francisco afirma que o filho sabia dos riscos em voar de parapente, mas compreende que a morte do rapaz foi apenas um acidente, já que a vela do Speed Fly de Tiago fechou por conta de uma rajada de vento. “As pessoas dizem que o esporte é perigoso, mas andar num automóvel também é. O Tiago já havia me convidado para voar, mas eu achava que não tinha mais idade para isso. Quis fazer o que ele gostava”., afirma o idoso em uma entrevista ao jornal O Globo.

“Agora, não me admira que quem comece a voar, não queira nunca mais largar o esporte. O voo é maravilhoso. Compreendi toda a paixão do Tiago e se eu fosse mais novo, começaria a praticar o esporte”, completa Amorim.

Toda a homenagem foi registrada em vídeo. Confira: [su_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=c9QBGz5ekdo” width=”800″]

 

 

Artigo anterior

Idoso hipster chama atenção nas redes sociais

Próximo Artigo:

Lei Angelina Jolie é aprovada para todo o estado do Rio

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentário

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *