Política

Eleição do Conselho Tutelar em Cabo Frio acontece neste domingo (6)

A eleição para o Conselho Tutelar em Cabo Frio acontece neste domingo (6), das 8h às 17h. São ao todo 26 candidatos disputando o mandato de quatro anos para o primeiro e segundo distritos da cidade.

Os postos de votação foram distribuídos de acordo com a zona eleitoral entre as escolas municipais Zélio Jotha, em São Cristóvão; Edilson Duarte, no Jardim Caiçara; Evaldo Salles, no Peró; Maria Dária Saldanha, no Jardim Esperança; Edith de Castro, em Aquariús; Amélia Ferreira, em Unamar; e na Nilo Batista, em Campos Novos.

O voto é facultativo e é obrigatória a apresentação do título de eleitor, além de um documento com foto. No pleito serão usadas urnas eletrônicas. O eleitor só poderá votar em um candidato, de acordo com o distrito em que reside, ou seja, eleitor do 1º distrito vota em um dos candidatos ao C. T 1 (1º distrito) e eleitor de Tamoios vota em um dos candidatos ao C.T. 2 (2º distrito).

Os candidatos do primeiro distrito, conforme o nome na urna, são: Waltinho (100), Elaine Mossatti (101), Soninha da Saúde (102), Alessandra Rodrigues (103), Maria Helena Siqueira (104), Flavia Alexandre (109), Flavio Quintanilha (113), Adalberto “Tio Dal” (114), Sara Leandra Oliveira Moura (120) E Cafú/Luiz Claudio (121).

Os candidatos do segundo distrito, conforme o nome na urna, são: Leilson Rezende (100), Irene Oliveira (102), Céia (103), Ademir de Oliveira (104), Tio Dudu (106), Alessandra Carlos (107), Patricia Pires (108), Yasmim Cardoso Neves da Costa (109), Monica Peixoto de Oliveira Da Mota (110) E Viviane Santos (112), Sandra Silva (115), Luciana Brito (117), Michelle Brito Pereira (118), Jorge Shock (119), Betinho Araujo (120), Josimara Fernades da Silva (123).

Os candidatos são pessoas idôneas, maiores de 21 anos, com experiência na defesa dos direitos da criança e adolescente, que submeteram ao processo seletivo de escolha dos membros do Conselho Tutelar, provas específicas e avaliações psicológicas, para posteriori concorrer ao cargo e ser eleito pela comunidade, como prevê o art. 139 da Lei 8.069/1990- ECA.

A eleição é organizada pela Prefeitura Municipal através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) com apoio do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Tribunal Regional Eleitoral.

Artigo anterior

Bike Night Cabo Frio inicia campanha para doação de brinquedos

Próximo Artigo:

Cabo Frio recebe o primeiro Festival de Frutos do Mar

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentário

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *