Política

Governo da Venezuela convoca colaborador de Che para auxiliar na reestruturação do país

Em meio a uma crise interna e enfrentando protestos de rua, o governo venezuelano recorreu a uma figura cubana histórica para reestruturar a ordem do país. Para tal tarefa, o presidente encarregou Orlando Borrego, um economista com doutorado pelo Instituto de Economia Matemática da Academia de Ciências da União Soviética.  A intenção do presidente Nicolás Maduro é realizar “uma revolução dentro da revolução”, como anunciou em seu programa semanal de TV.

Borrego foi uma das figuras cubanas que atuou ao lado de Che Guevara em Cuba. O governo agora quer usar a representação histórica para criar uma imagem capaz de por fim ao desabastecimento de produtos no país. Ele conta com a experiência como diretor da Junta Econômica Militar do Regimento La Cabaña, chefe do Departamento de Industrialização e vice-ministro das Indústrias até 1964, além de ter ocupado o cargo ministro da Indústria Açucareira até 1968.

Está não é a primeira vez que o governo de Caracas recorre a alguma das figuras históricas da Revolução Cubana para tentar contornar uma crise. Em 2010, Chávez anunciou a chegada do comandante Ramiro Valdés, outro personagem histórico do ataque da luta cubana, em meio a uma grave crise no sistema elétrico local.

 

Anteriores

Ex-modelo inglesa posta foto de biquini, mostrando suas bolsas de colostomia

Próximas

Menina de apenas 9 anos manda carta para Rainha Elizabeth e recebe resposta

Christopher Lima

Christopher Lima

Sou formado em Comunicação Social (Jornalismo). Quem quiser saber mais, basta clicar no link do fb.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *