Variedades

Madonna completa 59 anos: 4 falas inspiradoras da Rainha do Pop

Gostando ou não das músicas, é impossível negar à Madonna o título de umas das maiores artistas de todos os tempos. A eterna “Material Girl” completa, nesta quarta-feira (16), 59 anos. E apesar de ser a mulher com mais discos vendidos da história – perde somente para Beatles, Elvis Presley e Michael Jackson – sua importância não se dá somente para a música. Quando chegou a Nova York em 1977, a hoje rainha do pop se deparou com um cenário artístico predominantemente masculino, onde o sucesso e o reconhecimento pertenciam aos homens.

Ditando moda, regras e tendências, Madonna também ficou marcada pela coragem em levantar bandeiras que, naquela época, não eram respeitadas. Ela fez questão de, desde aqueles tempos, debater feminismo e apoiar a diversidade sexual. Até hoje, ela continua sendo uma das artistas que mais questionam limites e quebram tabus. Por isso, nada melhor que relembrar algumas das falas mais inspiradoras da diva do pop.

“O que eu gostaria de dizer a todas as mulheres de hoje é: ‘você têm sido oprimidas há tanto tempo que acreditam no que os homens têm a dizer a seu respeito’. As mulheres acreditam que elas têm que apoiar um homem para que as coisas funcionem. E há homens muito bons que valem à pena apoiar lá fora, mas não porque eles são homens – porque eles merecem. Como mulheres, temos que começar a dar valor a nós mesmas e umas às outras. Procurar mulheres fortes para serem nossas amigas, para aprender com elas, para se inspirar nelas, para apoiá-las, para se esclarecer com elas.” – Madonna durante discurso no Billboard Music Awards, em 2016.

“Sejam bem-vindas à revolução do amor. À rebelião. À recusa de, como mulheres, aceitarmos esta nova era de tirania. Onde não só as mulheres estão em perigo, mas todas as pessoas marginalizadas. Onde pessoas unicamente diferentes são consideradas um crime. Foi necessária a escuridão para nos acordar.” – discurso durante a Marcha das Mulheres, em março de 2017.

“Eu tento entender por que quando as mulheres atingem certa idade, elas já aceitaram que não podem mais se comportar de um jeito ou de outro. Mas eu não sigo as regras. Eu nunca segui e não vou começar a segui-las.” – em entrevista à “Rolling Stone”, em 2015.

“Eu sou forte, ambiciosa e sei exatamente o que quero. Se isso faz de mim uma garota má, tudo bem.” – disse à “People”, em 1992.

Anteriores

Mulheres são mais inteligentes em países com igualdade de gênero

Próximas

Araruama recebe exposição de veículos antigos neste domingo

Renata Nóbrega

Renata Nóbrega

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *